Reconhecimentos - Serras de Fafe 2018

Na passada sexta feira, dia 9 de Fevereiro, cerca das 22 h começou a respirar-se rali em Fafe.  Por essa hora começaram a chegar ao Hotel Confort Inn os primeiros pilotos que quiseram levantar os seus road books. Inevitavelmente começaram aí as habituais piadas e momentos de agradável descontração entre pilotos, navegadores e organização.

Sábado, 10 de Fevereiro, 8h da manhã e uma temperatura gelada em Montim, já lá estavam todos preparados para os primeiros reconhecimentos, com troços vigiados e controlados pelas equipas do Demoporto. Aí estavam eles: blocos de notas, Peltors, Terratrips, carros equipados com Santo Antónios (Sim! Santo Antónios, que eu depois posso explicar aos mais novos…) e aí vão eles. Durante todo o dia de sábado foi possível encontrar este “pequeno circo” em Montim, Ruivães/Confurco, Lameirinha, Luílhas e Gontim.

Pela hora de almoço, junto à aldeia de Lagoa, no restaurante Por do Sol, foi possível encontrar boa parte dos pilotos, organizadores, jornalistas, mecânicos e aficcionados… enfim um verdadeiro padock de rallye, como é habitual neste local tão bem conhecido como o “Chamonix”. Desta feita – e porque a organização do Demoporto precisava de rapidez no serviço para voltar à estrada e o espaço não chegava para todos os comensais – foi até possível descobrir novas aptidões de hotelaria, por parte de alguns responsáveis desportivos...

Após um dia cheio de "passagens" pelos troços e mesmo alguns contratempos - afinal estamos a falar de rallyes e sem contratempos não conheço nenhum - tal como começou no frio de Montim, terminou pelas 18H no vento gelado da partida de Gontim, novamente perto da aldeia de Lagoa. 

É verdade que não estiveram ainda presentes  todos os pilotos inscritos na prova, mas a animação foi constante. Pelo que foi possível ver sábado passado, prevê-se um novo espetáculo nos reconhecimentos que decorrerão ainda na próxima 5ª feira - para aquelas equipas que os não realizaram ou completaram no sábado.

Entretanto uma lista de inscritos com mais de 80 pilotos só pode deixar-nos orgulhosos. Aos pilotos, obrigados pela vossa presença e confiança. Aos aficcionados, desejamos um bom espetáculo e contamos convosco para que a segurança do rallye seja uma realidade sempre presente. Pela nossa parte, cumpre-nos afirmar que tudo faremos para que o Rali Serras de Fafe seja, uma vez mais, uma festa do automobilismo em Portugal.

Viva o Rallye Serras de Fafe! Vivam os Rallyes!